carreiras tradicionais da saúde
Conheça melhor as principais profissões da área

 ano 9  -  n.17  -   jan./jun. 2011 

por Daniel Perdigão

sxc.hu
 

Você sabe apontar algumas das principais características do trabalho dos principais profissionais da área da saúde? Este campo do conhecimento, além de vasto e importante, tende a ser cada vez mais valorizado, pois a população mundial está envelhecendo e deseja manter a sua qualidade de vida. Progressivamente, os governos têm compreendido que o acesso pleno aos serviços de saúde é uma obrigação do Estado. Portanto, muitos dos novos empregos da área tendem a estar na esfera pública.

Medicina
Trata-se da mais conhecida, concorrida e prestigiada carreira de saúde. O médico possui inúmeras atribuições como promotor da saúde, como, por exemplo, gerenciando sistemas complexos, elaborando e executando políticas públicas de saúde, pesquisando e aplicando novos tipos de tratamentos, ou mesmo, na forma mais conhecida, atuando na prática clínica e cirúrgica.

Como um profissional multidisciplinar, o médico contribui para o desenvolvimento da saúde como um todo, contribuindo com informações que possibilitam e facilitam o trabalho dos demais profissionais da área de saúde, sobre os quais falaremos a seguir, pensando no usuário final dos conhecimentos em saúde, bem como gerenciando equipes multiprofissionais, setores hospitalares ou sistemas de saúde inteiros.

Biomedicina
Um bom curso de Biomedicina forma profissionais aptos a atuar em uma grande gama de campos dentro da área da saúde. Como o curso dá ênfase a áreas de estudo como Microbiologia, Parasitologia, Imunologia, Biologia Molecular, Hematologia, Genética, entre muitas outras, o profissional ganha uma vasta formação teórica, que lhe permitirá dar suporte a outros profissionais da saúde.

Este suporte pode se dar de duas formas principais: como profissional atuante ou mesmo responsável por laboratórios de análises clínicas, elaborando, executando, interpretando e divulgando o resultado de exames clínico-laboratoriais; ou na forma de pesquisa básica, com o profissional atuando em laboratórios universitários ou de outros centros de pesquisa.

Odontologia
O bom profissional de Odontologia tem conhecimento profundo das estruturas anatômicas, funcionais e estéticas do conjunto de estruturas bucais. Conhece o princípio de funcionamento de ferramentas como os aparelhos de correção do alinhamento dental e as populares dentaduras, sendo capaz de diagnosticar e confeccionar o melhor equipamento para o paciente. Também deve diagnosticar e tratar doenças bucais, assim como conhecer os princípios dos implantes e de outras cirurgias orais.

Algumas das especializações mais comuns são: periodontia (tratamento da gengiva), ortodontia (correção do alinhamento da arcada), implantodontia, endodontia (estudo da polpa dental, mais conhecido como “canal”) e dentística (restauração e estética dental).

Enfermagem
Pode-se considerar o enfermeiro como o profissional defensor da assistência e do cuidado. Isto porque a Enfermagem é a área que, desde o seu surgimento, trabalha para coordenar, implantar melhorias e gerir a assistência à saúde.

Como enfermeiro, o profissional pode se dedicar a realizar pesquisas que melhorem o tratamento e o bem-estar dos pacientes, ou gerir unidades de saúde, como os postos de saúde, e programas, como o preventivo de saúde da família. O enfermeiro ainda tem opções como dedicar-se à formação técnica e/ou superior de profissionais de enfermagem, atuando como professor, ou especializar-se no cuidado de determinados tipos de pacientes, para trabalhar junto a hospitais e clínicas.

Nutrição
A linha condutora de um curso de Nutrição é a integração do ser humano com o alimento. Ou seja, estuda-se, não somente, a composição e as propriedades dos alimentos, como também a fisiologia do ser humano e, com especial ênfase, o caráter social e histórico desta relação.

A atuação do nutricionista, na maior parte das vezes, ocorre em três áreas principais: nutrição clínica, saúde pública e gestão de unidades de nutrição. Como a maioria das carreiras de saúde, a nutrição também está presente no esporte amador e de alto rendimento. A alimentação do trabalhador e do estudante segue sendo área de grande demanda de profissionais.

Educação Física
O graduado em Educação Física deve estar qualificado para aplicar seus conhecimentos sobre o movimento humano, prestando serviços à sociedade com fins de educação, de recreação, de treinamento e de promoção da saúde, levando, assim, a sociedade a um estado maior de bem-estar e de qualidade de vida.

A atuação do profissional de Educação Física ocorre em locais onde ocorrem quaisquer tipos de atividades físicas, como escolas, parques, clubes, universidades, circos, empresas, academias, clínicas e muitos outros. O licenciado em Educação Física também pode se especializar na área de Gestão da Educação Física e do Esporte.

Fisioterapia
O fisioterapeuta é um profissional que deve conhecer profundamente as disfunções do organismo e ser capaz de identificar objetivos a atingir na sua intervenção profissional, a qual pode ter finalidade terapêutica, educativa ou de reabilitação.

Áreas principais de atuação de Fisioterapia são três: a clínica, onde o profissional atua junto a especialistas em ortopedia, traumatologia, neurologia, entre outros; a preventiva, atuando em ambientes profissionais visando à supressão ou atenuação de elementos nocivos à fisiologia e à mobilidade do trabalhador; e a de pesquisa, na qual o profissional busca novos métodos e processos mais rápidos e eficientes para a prática fisioterápica.

Farmácia
Como farmacêutico, o profissional se habilita a trabalhar em todas as fases da produção, inclusive no controle de qualidade das matérias-primas, de medicamentos e cosméticos, bem como atuar na pesquisa e no desenvolvimento desses produtos. Por conhecer plenamente o processo de fabrico de drogas, o profissional da área pode atuar como administrador de instituições farmacêuticas.

Duas das atuações mais conhecidas dos profissionais de Farmácia são a responsabilidade e assistência em farmácias e drogarias, orientando o público acerca do uso das drogas, bem como na saúde pública, como, por exemplo, por meio do controle de medicamentos em hospitais e outras unidades de saúde.

Psicologia
A psicologia estuda o comportamento e os processos mentais das pessoas de forma individual e coletiva. Embora seja uma ciência humana, é frequente o estudo do comportamento animal para fins de pesquisa e correlação.

O psicólogo encontra ocupação em diversos locais de trabalho em que a saúde mental é importante: empresas, especialmente no setor de recursos humanos; hospitais; centros de saúde pública; repartições públicas; centros de detenção; escolas. O psicólogo também pode optar por trabalhar de forma autônoma ou associada em consultórios, ou ainda em ramos específicos, como no Poder Judiciário ou na psicologia do esporte.

Medicina Veterinária
Embora não faça parte do conjunto de especialidades da área da saúde humana, o curso de Medicina Veterinária compartilha diversas características com os demais cursos desta lista. Isto porque, entre suas atividades principais, está a clínica médica e cirúrgica, ou seja, o diagnóstico, a prescrição e a execução de tratamentos em animais.

Além disso, o médico veterinário está apto a executar ações de defesa sanitária, administrar propriedades rurais, fiscalizar indústrias e comércios de produtos de origem animal, atuar como administrador de unidades de saúde animal (como clínicas e pet shops), entre muitas outras possibilidades.


Cultura Secular

Revista de divulgação científica e cultural do Secular Educacional.

Comissão editorial
Daniel Perdigão Nass
Michelle Zampieri Ipolito

Jornalista responsável
Daniel Perdigão Nass (MTb/SP 37654)

Imprenta
Gurupi, TO, Brasil

ISSN 2446-4759